8 de abr de 2010

SIGNIFICADO DOS SÍMBOLOS NAS ETIQUETAS DAS ROUPAS

Que as etiquetas, muitas vezes, incomodam e causam irritações na pele; não é novidade! Ao comprarmos roupas novas, é comum não darmos atenção para o conteúdo e informações presentes nesses retângulos de tecidos presos às laterais das peças; e, logo, providenciarmos uma tesoura para acabar com esse pequeno problema.

Em seguida, na correria do dia-a-dia, as peças novas são misturadas com as mais antigas e o destino de todas elas é, quase invariavelmente, o mesmo: a máquina de lavar roupas; e é assim que a vida útil de muitas de nossas roupas é reduzida. Sem muita atenção, acabamos por jogar fora um manual que faz toda a diferença na manutenção de artigos do vestuário; e limpando-os sem o cuidado especial que alguns materiais requerem, acabamos estragando-os rapidamente.

Para evitar esse desgaste, uma breve olhada naqueles desenhos enfileirados na etiqueta é indispensável! Para leigos, essas representações podem não significar muita coisa, mas a partir do momento em que conhecemos a interpretação de cada um desses símbolos saberemos, exatamente, a melhor maneira de realizar a limpeza de cada peça. Por isso, vamos a explicação das principais figuras presentes nas etiquetas.

Símbolos de Lavagem:



O primeiro símbolo da figura ao lado, que contem uma bacia e um “X” significa que o artigo não deve ser lavado; ou quando estiver em estado úmido requer um tratamento delicado. Logo abaixo vemos uma bacia com uma mão indicando que a lavagem da peça deve ser manual à temperatura máxima de 40ºC. Quando encontrarmos somente a imagem de um recipiente com água, o qual pode vir seguido de um traço, ou não, podemos entender que a roupa pode ser lavada normalmente, à mão ou à máquina; no entanto atente para a presença da barra abaixo do recipiente, a qual significa que caso opte pela ação mecânica, ela deverá ser reduzida!



Os símbolos ao lado contêm números os quais representam, individualmente, a temperatura máxima da água durante a limpeza da peça. As três figuras indicam que a lavagem à máquina pode ser normal, bem como o enxágüe e a centrifugação das roupas.



Quando, logo abaixo do desenho da bacia, notarmos a existência de um traço; devemos redobrar os cuidados durante a manutenção de nossas roupas. Cada número indica a temperatura máxima em que a água deve ser utilizada; e nesses casos, a interseção mecânica deverá ser reduzida. Para o enxágüe, o ideal é que ocorra um decréscimo gradual da temperatura da água, esfriamento, enquanto a centrifugação deverá ocorrer de forma mais suave. Já as duas barrinhas abaixo da última imagem significam que o artigo não pode passar por torções.

Lavagem a Seco:

Os círculos presentes nas etiquetas representam a lavagem a seco. A letra “A” indica que para esse tipo de limpeza é permitida a utilização de todos os tipos de solvente universal; o “F” limita o uso desses produtos, indicando o uso de hidrocarboneto e a letra “P” restringe a limpeza ao uso de percloretileno. Quando o círculo vier com um “X”, este tipo de lavagem não é recomendada!


Símbolos de Alvejamento:


Formas triangulares representam os cuidados com o alvejamento das peças. Triângulos sozinhos indicam que o clareamento através de quaisquer alvejantes é permitido; a presença do “X” cortando a figura impede a ação desses produtos para o branqueamento dos artigos. As letras “Cl” presentes dentro dessa forma representam o cloro, sugerindo a utilização de produtos que possuem esse componente sejam diluídos em água fria para o clareamento das roupas.

Símbolos de Secagem:


Para saber as instruções quanto à secagem de suas peças, atente para os quadradinhos presentes nas etiquetas! O traço horizontal no meio do quadrado indica que o artigo deverá ser estendido neste sentido durante a sua secagem; já a presença de três barras verticais permite a organização das peças para que sejam secas por gotejamento.



A presença de uma curva na parte superior do quadrado sugere que a melhor forma para secar a peça em questão é estendendo-a no varal. Quando visualizar círculos inscritos nos quadros a intervenção mecânica é permitida, a não ser quando a imagem conter um “X” que restringe essa utilização. Um ponto preto dentro deste círculo estabelece que a secagem seja feita à temperatura mínima, enquanto dois pontinhos recomendam que o processo ocorra no ciclo normal das máquinas à temperatura máxima.

Símbolos de Passadoria:


Para seguir as devidas instruções e evitar estragar as roupas durante a passadoria, a dica é ficar de olho nos pontinhos presentes dentro dos ferrinhos das etiquetas! A presença de apenas um revela que a peça deve ser passada à baixa temperatura (no máximo 100ºC); dois indicam que a base do ferro deve estar em temperatura média, próxima aos 150ºC; e, por fim, a temperatura máxima – 200ºC – é permitida somente quando existirem três bolinhas na imagem. O “X” é sempre uma imagem de negação, a qual aqui representa que a peça não pode ser passada.

São esses os pequenos símbolos que auxiliam no processo de manutenção de artigos do vestuário, cama, mesa e banho. Sabendo interpretar cada um deles, você não só conseguirá manter a qualidade e aparência das suas roupas novas, mas também diminuirá os riscos de perder aquela camiseta preferida por uma lavagem mal feita!

Fonte: Portais da Moda

Share/Bookmark