20 de mai de 2010

COMO ORGANIZAR UMA MUDANÇA




Realizar uma mudança certamente não é uma tarefa prazerosa para a maioria das pessoas, mesmo para as que adoram passar horas organizando os pertences. Geralmente o stress e o cansaço acontecem porque algumas regras de planejamento não são respeitadas durante o processo de arrumação e redistribuição dos móveis e outros objetos.
  • Antes de organizar a mudança, descarte o que é inútil.
· Para começar, é necessário lembrar-se que o trabalho pode ser imensamente suavizado se tudo o que não se utiliza mais for descartado.
· O critério para dispensa não deve conter muitas restrições, não encaixote nada que esteja fora de uso. Se não está sendo usado agora provavelmente não vai ser utilizado na nova residência.
  • Liste todos os procedimentos necessários.
· Faça uma lista onde estejam registradas todas as obrigações necessárias à tarefa e atualize o documento de acordo com o tempo restante para a mudança.
· Esse procedimento de anotação alivia a mente do encargo de se responsabilizar pela lembrança de todos os inúmeros detalhes que uma mudança requer.
  • Comece a empacotar os objetos com antecedência.
· Outra regra fundamental é não deixar para empacotar tudo na última hora. Inicie a mudança tão cedo quanto possível, para que na semana marcada para o transporte somente precisem ser embaladas as peças de uso constante, como produtos de perfumaria e higiene.
· Mais do que outras, essa medida pode fazer com que a irritação diminua sensivelmente no dia de mudança. Além disso, ela permite fazer uma organização mais detalhada, que facilite a distribuição dos itens no novo ambiente.
  • Identifique o conteúdo das caixas por cores e etiquetas.
· Utilize caixas e embalagens com cores diferentes ou etiquetas para facilitar a localização dos pertences no momento de arrumá-los novamente. Isso permite que o material não precise ser aberto para que se determine a qual local devem ser destinados.
· Você pode escolher uma cor de caixa ou embalagem para cada cômodo. Com esse procedimento a própria tarefa de encaixotar se torna mais rápida, já que os objetos fora de lugar podem ser rapidamente alocados na caixa mais indicada.
  • Consiga caixas e embalagens em lojas próximas a sua casa.
· Se optar por não comprar caixas de cores diferentes, você pode consegui-las gratuitamente junto a uma casa de fotocópias ou mesmo em grandes lojas. Nesse caso, basta diferenciar as embalagens com fitas adesivas e etiquetas coloridas.
· Atente a um detalhe importante: as caixas e móveis embalados devem conter medidas inferiores às aberturas das portas ou janelas do novo imóvel, para que não se chegue a um impasse no momento que deveria ser destinado apenas à finalização da mudança.
  • Considere a fragilidade de cada objeto na hora de embalar seus pertences.
· Guarde garrafas e frascos já abertos em sacos plásticos fechados hermeticamente. E embale separadamente todos os utensílios quebráveis.
· Guarde os objetos pequenos em caixas pequenas que podem ser colocadas dentro de caixas maiores, ou embrulhe em papel colorido para que não se percam.
· Utilize a embalagem original para encaixotar o computador e outros aparelhos eletrônicos.
· Envolva os colchões com lençóis para que não se sujem e use cobertores para proteger os móveis de madeira contra arranhões.
· Coloque em sacos plásticos as peças pequenas de móveis desmontados, rotule e cole a sacola na peça principal.
  • Comunique a todos sobre sua mudança de endereço com antecedência.
· Informe todos os seus parentes, amigos, fornecedores, clientes e prestadores de serviço do seu novo endereço antes do dia da mudança.
· Escreva o endereço e referências de seu novo endereço para quem vem das diferentes partes da cidade. Deixe as instruções próximas ao telefone para poder dar a quem for te visitar. 
 

DICA
Se você se muda com freqüência, decore com cores neutras. Dessa forma você não terá que comprar coisas novas toda vez que se mudar.

Fonte: OZ!


Share/Bookmark

7 de mai de 2010

DOBRAR ROUPAS USANDO O GABARITO


closet

Quem não gostaria de ver suas roupas dobradas e empilhadas simetricamente em prateleiras como nas lojas? Pois saiba que não é difícil realizar esta proeza! Você irá precisar apenas de um e retângulo de papelão plastificado, uma fita métrica e uma tesoura. Depois é só aplicar uma técnica simples que pode ser facilmente aprendida também pelos empregados: dobrar roupas com o auxílio de gabaritos. Além de melhorar consideravelmente a estética do armário, eles facilitam na hora de escolher e resolvem problemas de espaço. O método pode ser aplicado em camisetas, pulôveres, sueteres, moletons e roupas de cama, mesa e banho.

COMO FAZER GABARITO
  • Tire a medida da gaveta ou prateleira;
  • Divida a medida do espaço em duas ou três partes iguais, deixando uns três centímetros de distância entre elas;
  • Com um pedaço de papelão, um recorte retângulo do tamanho de cada uma das partes. Agora você já tem um gabarito;
  • Leve-o a uma papelaria e mande plastificar;
  • Coloque o gabarito no centro da roupa e dobre. Procedendo desta forma, todas serão dobradas em tamanhos iguais.
  • Depois de dobradas, empilhe as roupas de forma simétrica por categorias.
  • Faça quantas pilhas quiser e couberem em seu espaço;
Como fazer a dobra:
Gabarito1
Gabarito2
Pronto! Você ocupará todo o espaço disponível e suas roupas ficarão arrumadinhas como mostra a foto.
rouparia
camisetas_pilha
Também existe o porta camisetas, diferente mas útil para diminuir o espaço utilizado.
                          reg-20259                            


Fonte: Um Brinco

Share/Bookmark