20 de mar de 2013

A IRRACIONALIDADE DA FALTA DE ORGANIZAÇÃO







  • S
A irracionalidade da falta de organizaçãoExiste uma grande parcela da sociedade que sempre reserva um dia da semana ou do mês para poder organizar a bagunça da casa, da mesa de trabalho etc., o que na verdade é uma grande e completa perda de tempo, salvo algumas exceções. É verdade que ninguém consegue viver ao redor da bagunça. Mas, é perda de tempo porque isso implica desperdício de tempo. A arrumação demora.
O tempo para deixar tudo no seu devido lugar poderia ser usado para fazer algo realmente produtivo, ao invés de apenas ter de rearrumar a bagunça que você já havia acumulado ali com tanto carinho e com tanta dedicação – e arrumado inúmeras outras vezes. 
Reservar um dia da semana ou do mês para se organizar é um hábito que costumamos ter e que pode nos levar a perda de tempo e a sermos improdutivos. Mas, sem dúvida, é mais difícil trabalhar em um ambiente bagunçado. Então, o que fazer? Ao invés de fazer bagunça com freqüência e se organizar de tempos em tempos, que tal se manter organizado todos os dias, a todo o momento, colocando cada objeto em seu devido lugar, ou então, cada e-mail em sua respectiva pasta de importância?

É um hábito que, depois de criado, só trará felicidade, bem-estar e, principalmente, produtividade. Leva tempo, esforço e exige um pouco de perseverança para se adaptar. Mas, criar o hábito de ser uma pessoa organizada, tanto em casa quanto no trabalho, é mais um tópico que você deve adicionar à lista dos seus objetivos. Em essência, isso significa gerenciar bem seus desafios e conseguir melhorar o senso de urgência.
Pessoas desorganizadas têm um problema muito comum, que elas sempre denominam como um “leve esquecimento”: elas, em muitos momentos, esquecem o lugar onde deixaram as chaves do carro ou da casa, o celular, um documento importante, a agenda etc. São diversos exemplos que remetem a apenas uma direção: a organização ou a falta dela.
Não adie a necessidade de se tornar alguém mais organizado. Sem organização e sem planejamento, dificilmente você será “o melhor do mundo” ou será único naquilo que faz. Definitivamente, será apenas mais um player eficaz no mercado, porém não tão eficiente quanto poderia.


Fonte: Dinheirama 

 

Share/Bookmark

Nenhum comentário: